Marca do Crea-SP para impressão
Disponível em <https://www.creasp.org.br/noticias/imersao-nas-atividades-do-crea-sp/>.
Acesso em 17/04/2024 às 03h04.

Imersão nas atividades do Crea-SP

Novos conselheiros participam de workshop sobre estrutura da autarquia e dia a dia da função

29 de fevereiro de 2024, às 12h08 - Tempo de leitura aproximado: 3 minutos

Como parte de seu processo de renovação, o Crea-SP realiza, periodicamente, a troca de parte dos conselheiros, representantes de entidades e instituições de ensino em seu Plenário. Em janeiro, mais de 140 novos profissionais foram empossados neste cargo. Quem está chegando ou retornando à Casa, participou, na terça e quarta-feira (27 e 28/02), de um workshop de imersão realizado no coworking da Sede Angélica. 

“Os conselheiros são muito importantes para a área tecnológica e eu, como já estive neste cargo, sei das responsabilidades”, afirmou a presidente do Crea-SP, Eng. Lígia Mackey. “Ainda sentimos falta de uma relação mais profunda com as instituições representadas e acredito que são esses profissionais que podem nos ajudar com uma melhor comunicação e interação, estimulando essa conexão”, completou. 

No primeiro dia, o organograma do Crea-SP e a importância da função para a autarquia foram temas-destaque. “Temos bastante gente trabalhando aqui para suportar toda a nossa estrutura e dar a vocês a possibilidade de um trabalho efetivo, que faça a diferença para a sociedade e para os profissionais”, explicou a chefe de gabinete do Conselho, jornalista Priscilla Marques.  

O dia a dia de um conselheiro, bem como seus direitos e deveres foram detalhados pela gerente de apoio ao colegiado da Superintendência dos Colegiados (Supcol), Arq. Dinah Sayuri Iwamizu, que destacou o processo de digitalização vivido pelo Crea-SP. “Agora, temos mais praticidade, agilidade e segurança na hora de relatar. É importante cumprir o prazo de 30 dias exigido no regimento, pois existe um profissional ou uma empresa lá fora esperando uma resposta”, orientou. 

Os novos conselheiros também foram apresentados às principais campanhas de comunicação em andamento, e ficaram sabendo sobre a Jornada ESG, prioritária nesta gestão, e a consolidação do Crea-SP como fonte técnica para a imprensa. Na parte da tarde, participaram de um media training com a jornalista Cássia Miguel e a fonoaudióloga Marta Assumpção. “Gostei muito das duas palestras, é importante ter a técnica para saber falar”, afirmou a  Eng. Fatima Aparecida Blockwitz, que reassume em seu terceiro mandato, representando a Associação dos Engenheiros da Região de Itapetininga (AERI). 

O aprendizado deve ajudar os conselheiros na prática do cargo. “Entendi melhor o meu papel dentro do Conselho”, afirmou o Eng. Leandro Prestes, que representa a Associação dos Engenheiros Arquitetos e Agrônomos de Suzano (AEAAS). Em seu primeiro mandato pela Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Itapira (AEA), o Eng. Flavio Henrique Moisés, concordou. “Assim como o Crea-SP sempre capacita as pessoas antes de inseri-las no mercado, também reconhece a importância do treinamento para sermos bons conselheiros”, ressaltou. 

O segundo dia de workshop começou com as boas-vindas do vice-presidente do Conselho, Luiz Chorilli Neto, que orientou os presentes a absorverem cada ensinamento. Durante a manhã, os participantes conheceram mais a fundo a legislação, a estrutura e o funcionamento da Superintendência de Fiscalização (Supfis), área multidisciplinar e descentralizada em 12 gerências regionais. Foram destacadas as ações preventivas e educativas, como as forças-tarefas, e os principais resultados de 2023, que teve um novo recorde histórico, com 774.299 ações fiscalizatórias.  

Também estiveram em foco o regimento, os procedimentos para viagens e ressarcimentos, e os sistemas do Crea-SP mais utilizados pelos conselheiros, que puderam tirar dúvidas sobre os assuntos. No período da tarde, foi realizada uma dinâmica de relato de processos, feita em duplas, com casos reais das Câmaras Especializadas.  

Retornando pela Associação dos Engenheiros Agrônomos do ABC (AEAABC), o Eng. Marcos Muzatio destacou a evolução do Crea-SP nos últimos anos. “Eu sou do tempo em que saíamos para a rua com uma sacola de papel. Agora, tudo é informatizado. Recomeçar é também aprender muita coisa nova”, compartilhou. Conselheira pela Associação de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Ribeirão Preto (AEAARP), a Eng. Maria Mercedes Furegato está em seu terceiro ano compondo o plenário e contou que, mesmo para quem não é novo, o treinamento sempre traz novidades.  

Representando a Associação dos Engenheiros, Agrônomos e Arquitetos da Região de Votuporanga (SEARVO), o Eng. Gabriel Gomes Bifaroni destacou a importância de ver de perto como funciona o andamento dos processos no Crea-SP. “Para mim é um enorme orgulho estar aqui assumindo esse cargo. Espero fazer o meu melhor e que todos estejam também com essa intenção”, afirmou.  

   

Produzido pela CDI Comunicação