Marca do Crea-SP para impressão
Disponível em <https://www.creasp.org.br/noticias/sao-paulo-no-2o-colegio-de-presidentes-do-ano/>.
Acesso em 17/04/2024 às 03h00.

São Paulo no 2º Colégio de Presidentes do ano

Regional integra proposta final do Plano de Metas Finalísticas 2025-2027

2 de abril de 2024, às 10h20 - Tempo de leitura aproximado: 2 minutos

A capital cearense de Fortaleza recebeu, entre os dias 26 e 27/03, representantes do Sistema Confea/Crea e Mútua para a 2ª Reunião Ordinária do Colégio de Presidentes. Entre os presentes, a equipe do Crea-SP se destacou com a apresentação da proposta final do Plano de Metas Finalísticas 2025-2027, uma iniciativa que pretende implantar soluções tecnológicas e normativas, uniformizadas em âmbito nacional, voltadas ao registro profissional, Anotação de Responsabilidade Técnica, Acervo Técnico e Operacional e demais serviços prestados pelos Creas.  

 

O Plano abrange cinco objetivos estratégicos, 14 metas, três indicadores no subprograma registro, nove no subprograma fiscalização e oito no subprograma julgamento e normatização. “A ideia é trazer inovação e garantir legalidade ao mesmo tempo. No caso do subprograma registro, por exemplo, o objetivo prevê implantar soluções tecnológicas e normativas, uniformizadas em âmbito nacional, voltadas ao registro de pessoas físicas e jurídicas, Anotação de Responsabilidade Técnica, Acervo Técnico e Operacional”, detalhou o Adm. Lucas Costa, chefe de Planejamento, Monitoramento e Avaliação do Crea-SP. 

Já o subprograma fiscalização objetiva a “unicidade de ação e a uniformidade de procedimentos do Sistema”, explicou o diretor regional do Crea-SC, Eng. Ingo Werncke. Para isso, será necessário atualizar normativos, adotar ferramentas e aperfeiçoar métodos. Já o trabalho de julgamento e normatização será aprimorado para garantir mais eficácia e celeridade. Entre as soluções para esta área, está o uso de inteligência artificial na análise automatizada de documentos.  

 

“Ter procedimentos padronizados entre todos os Conselhos, atuando em uniformidade, trará mais eficiência aos serviços que prestamos à área tecnológica, o que reflete em maior segurança e proteção para a sociedade”, comentou a presidente Eng. Lígia Mackey, que participou do CP e acompanhou as discussões sobre o Plano de Metas Finalísticas, bem como os demais temas da pauta. 

A performance do Sistema é visada também em outras frentes de inovação. Presidente do Confea, o Eng. Vinicius Marchese listou as iniciativas em andamento, ressaltando o estudo para implantação de um data center nacional, a adoção de registro profissional único, a ampliação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI) no formato multiórgãos para mais Creas e a expansão de business intelligence (BI) para os Regionais. “A ideia é ter uma rotina administrativa mais simplificada, com soluções que promovam transparência, economicidade e padronização”, frisou.  

O engenheiro deixou o recado aos presidentes para que promovam essa mesma cultura transformadora nas cinco grandes regiões do País, com o intuito de alcançar todos os um milhão de profissionais registrados. “Onde vocês forem levar melhorias, vocês terão no Confea um parceiro”, concluiu Marchese. 

Confira os detalhes da cobertura da 2ª Reunião Ordinária do Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea e Mútua no site do Confea 

 

Produzido pela CDI Comunicação, com informações do Confea 

Créditos das fotos: Confea