Brasil. República Federativa do Brasil
Notícias RSS

contraste

separador

Sucesso do 10º CEP e Colégio Estadual de Inspetores em Olímpia

Autoridades destacam em solenidade de abertura a importância das profissões do Sistema Confea/Crea

Dando continuidade à programação do XVIII Seminário Estadual de Fiscalização (SEFISC), 10º Congresso Estadual de Profissionais (CEP) e a reunião anual do Colégio Estadual de Inspetores (CEI) iniciada no dia 02/08, o Crea-SP realizou na noite da sexta-feira a solenidade oficial de abertura dos eventos com a participação de várias autoridades, que, ao lado do Presidente do Crea-SP, Eng. Vinicius Marchese Marinelli, compuseram o dispositivo de honra da cerimônia.

Na foto acima (da esquerda para a direita), o Presidente da Mútua Nacional – Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea – Eng. Paulo Roberto de Queiroz Guimarães; a Superintendente de Fiscalização do Crea-SP, Engª Maria Edith dos Santos; a Deputada Estadual Carla Morando; o Deputado Estadual Carlão Pignatari; o Deputado Federal Kim Kataguiri, o Secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Vinicius Lummertz; o Prefeito da Estância Turística de Olímpia, Eng. Fernando Augusto Cunha; o Governador em Exercício do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia; o Presidente do Crea-SP, Eng. Vinicius Marchese Marinelli; o Presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia, Eng. Joel Krüger; o Deputado Federal Ricardo Izar; o Deputado Federal Geninho Zuliani, o Conselheiro Federal Carlos Eduardo de Vilhena Paiva, o Vice-Presidente do Crea-SP, Eng. Glauco Eduardo Pereira Cortez;  e o Presidente da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos da Região de Olímpia, Eng.Roberto Munhoz Blanco.

Em breve pronunciamento, o prefeito de Olímpia, Eng. Fernando Augusto Cunha (foto acima), referiu-se às suas trajetórias na área tecnológica e na política, autointitulando-se hoje “meio prefeito, meio engenheiro”. Cunha enalteceu a profissão, lembrando aos participantes do evento que “o engenheiro adota uma metodologia para sistematizar as abordagens dos problemas que precisam de solução imediata e, graças a essa habilidade, acabam se tornando grandes gestores nas mais variadas áreas da cadeia produtiva”.

“Presenciamos – continuou o prefeito – algumas infelicidades no dia a dia da Engenharia, como foi o caso de Brumadinho, mas essas raras ocorrências servem de lição para que estimulemos a fiscalização”. “Iniciativas como esta – referindo-se aos eventos do Crea-SP – provam que a grande maioria dos exemplos da Engenharia são bem-sucedidos”.

Na sequência, o Presidente do Confea, Eng. Joel Krüger, destacou o papel da Engenharia, da Agronomia e das demais profissões do Sistema, afirmando sua representação de um universo constituído por cerca de um milhão de profissionais e 300 mil empresas – "um sistema robusto, forte, importantíssimo para o desenvolvimento e a soberania nacionais e a valorização do capital tecnológico. Por isso, não podemos perder a regulamentação, que beneficia a saúde, por meio das obras em hospitais; as construções, com a segurança em sua edificação; a logística para escoar a produção agrícola; a precisão das previsões meteorológicas que beneficiam populações".

"O que queremos discutir na sequência deste evento"? - continuou Krüger. "Temos de discutir as estratégias das profissões do Sistema e, para isso, o Confea se coloca à disposição dos parlamentares que podem contribuir para a materialização do sonho das pessoas, enquanto beneficiárias das obras de segurança, saúde e proteção ao meio ambiente, por exemplo. Nós estamos juntos com o nosso País e com o Crea-SP”.

O Presidente do Crea-SP, Eng. Vinicius Marchese Marinelli (foto acima), complementou o assunto informando que o SEFISC é realizado para o planejamento de estratégias de fiscalização para os próximos anos. “Fiscalizar 645 municípios é um desafio cotidiano em defesa da sociedade. Somos responsáveis, sim, pela segurança de 44 milhões de habitantes do Estado. Daí a necessidade de zelarmos pela habilitação e pela ética dos nossos profissionais”.

Vinícius defende a utilização de recursos pela via da gestão responsável e faz a autocrítica do Sistema: “Precisamos atualizar nossos procedimentos internos e quem se beneficia dessa modernização é a sociedade. Nosso principal compromisso é o de mudar o Crea-SP para melhor. Esta é a minha palavra, a única coisa que tenho para oferecer”.

Também convidado a fazer o uso da palavra, o governador em exercício, Rodrigo Garcia, disse que Vinícius, como bom brasileiro e entusiasta da Engenharia Brasileira, já está cumprindo com sua palavra.  “O Brasil vive um momento especial” – disse Garcia, destacando a nova forma que a população enxerga a necessidade de transformações “Não serão os órgãos de controle oficiais que farão essa mudança. Serão os órgãos de controle social, que é a população, o ponto ímpar nessa transição”.

“Mas é muito pouco diante do que precisa ser feito no Brasil”, adverte o governador em exercício. Segundo ele, o Estado, ao retomar obras de grande importância que se encontravam paralisadas, como a Linha 6 do Metrô, o Trecho Norte do Rodoanel, a Rodovia dos Tamoios, a Linha 18 do ABC e a Linha 17 do Monotrilho, garante o protagonismo das profissões da área tecnológica. "Os engenheiros merecem participar mais das instâncias decisórias, para destravar o sistema e tirar o peso da burocracia das costas da sociedade” - concluiu Garcia.

Na ocasião, o Crea-SP homenageou as autoridades convidadas, marcando uma nova era de relacionamento com as lidenças políticas locais e nacionais. Veja abaixo os demais homenageados.

O Presidente da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos da Região de Olímpia, Eng.Roberto Munhoz Blanco.

 

O Conselheiro Federal Carlos Eduardo de Vilhena Paiva

 

O Presidente da Mútua Nacional – Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea – Eng. Paulo Roberto de Queiroz Guimarães

 

O Deputado Estadual Carlão Pignatari

 

O Deputado Federal Geninho Zuliani

 

O Deputado Federal Ricardo Izar

 

O Deputado Federal Kim Kataguiri

 

O Secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Vinicius Lummertz

 

A programação do domingo

A reunião do Colégio Estadual de Inspetores foi realizada no domingo (4), com a apresentação do resultado final de todas as ações de fiscalização regionais realizadas pelas equipes de força-tarefa do Conselho ao longo do primeiro semestre, em cerca de 600 municípios paulistas, onde foram fiscalizados mais de 310 mil profissionais e cerca de 60 mil empresas da área tecnológica.

O CEI é um fórum permanente composto pelos inspetores e pelo Presidente do Crea-SP para auxiliar, discutir e propor diretrizes para a fiscalização do Conselho. Um dos objetivos das suas reuniões é o de promover a valorização dos profissionais do Sistema Confea/Crea como agentes transformadores no desenvolvimento sustentável dos municípios.

O foco das ações realizadas em 2019 foram as diversas áreas de mineração, águas subterrâneas, barragens de contenção e hidrelétricas, indústrias de todos os segmentos (principalmente as vinculadas aos setores de petróleo, alimento, química, farmacêutica, borracha, cerâmica, bebida e agroindústria) e as chamadas obras de arte da engenharia (pontes, passarelas, túneis e viadutos), além de estabelecimentos hospitalares.

 


Produzido pelo Departamento de Comunicação do Crea-SP – DCOM
Reportagem: Jorn. Guilherme Monteiro.
Edição de fotos: Susan Pereira Siqueira Teixeira Brandão.
Colaboração: Claudio Porto – Estagiário de Jornalismo.

Links Relacionados


  • compartilhar
  • Enviar por e-mail
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Linkedin
índice de notícias

Exibir notícias por:

Institucional

Fiscalização

Tecnologia

Clipping










Crea-SP

Av. Brigadeiro Faria Lima, 1059

Pinheiros • São Paulo • SP • CEP 01452-920

Atendimento: 0800-17-18-11