Brasil. República Federativa do Brasil
Notícias RSS

contraste

separador

Conselheiro Pazini nomeado para Secretaria do Governo Federal

Engenheiro estará à frente da pasta de Tecnologias Aplicadas

Durante a sessão plenária de fevereiro, realizada no último dia 14 na sede Angélica do Crea-SP, o Engenheiro Aeronáutico Mauricio Pazini Brandão anunciou sua decisão de se licenciar das funções de conselheiro para assumir a Secretaria de Tecnologias Aplicadas do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações do Governo Federal.

A Secretaria tem como principal missão propor, coordenar e acompanhar as medidas necessárias à implementação de políticas para a incorporação de tecnologias que potencializem os setores cibernético, espacial, nuclear, de defesa, de comunicações e de inteligência artificial.

Pazini possui mestrado em Engenharia Aeronáutica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), doutorado em Engenharia Aeronáutica e Astronáutica pela Universidade de Stanford (EUA), MBA em gestão institucional estratégica pela Universidade Federal Fluminense e já integrou a equipe do Ministério da Defesa.

Conselheiro do Crea-SP em segundo mandado consecutivo (2014-2016 e 2017-2019), Pazini foi membro titular da Comissão Permanente de Educação e Atribuição Profissional, da qual foi coordenador em 2017, sempre representando o ITA. Também foi membro suplente da Comissão Permanente Crea-SP Jovem e integrou GTs e GTTs.

“Pela primeira vez temos um ministério que vai trabalhar de forma totalmente integrada; estamos trabalhando agora com a escala de maturidade tecnológica da NASA que vai de 1 a 9, então tem uma Secretaria que cuida de todas as tecnologias que vai do nível 1 ao 7, é a Secretaria de Pesquisa e de Formação. Eu vou cuidar de todas as tecnologias do nível 7 a 9, quando a gente transforma algo em inovação. Tem um outro secretário que vai trabalhar de 9 em diante, ou seja, transformar a inovação em negócio, em resultado econômico; tem uma outra Secretaria que dá apoio a todas as demais gerando gestão de projetos que serão realizados nas unidades de pesquisa e desenvolvimento do Brasil; temos uma outra Secretaria que cuida de radiodifusão, uma outra que cuida de telecomunicações e assim nós estamos pela primeira vez trabalhando integrados, ninguém ali é político do ministro: até o último cargo que não é de carreira todos são técnicos, muitos engenheiros, de forma que nós esperamos agora obter muitos resultados”, destacou Pazini, ressaltando que “do primeiro ao quarto escalão antigamente todos os cargos eram preenchidos politicamente por partidos diferentes, de forma que cada secretaria constituía um feudo próprio, as secretarias não se conversavam e não é de se espantar que o governo desse tão pouco resultado”.

Sobre a experiência como conselheiro, disse: “Nestes cinco anos aprendi muita coisa aqui, sei como o sistema funciona, sei como a engenharia nacional pode desempenhar, só que agora eu vou trabalhar em um universo maior do qual a engenharia é parte, então eu levo esta casa e este Sistema no meu coração, continuo representando lá em Brasília a nossa classe”.

Produzido pelo Departamento de Comunicação e Eventos do Crea-SP- DCEV/SUPCEV

Colaboração: Estagiário Daylson Luiz


  • compartilhar
  • Enviar por e-mail
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Orkut
índice de notícias

Exibir notícias por:

Institucional

Fiscalização

Tecnologia

Clipping










Crea-SP

Av. Brigadeiro Faria Lima, 1059

Pinheiros • São Paulo • SP • CEP 01452-920

Atendimento: 0800-17-18-11