Brasil. República Federativa do Brasil
Notícias RSS

contraste

separador

CÂMARAS ESPECIALIZADAS

Engenharia Química prioriza discussão sobre sombreamento

A Câmara Especializada de Engenharia Química do Crea-SP – CEEQ, sob o comando do Engenheiro de Alimentos Prof. Dr. Marcelo Alexandre Prado (coordenador) e do Engenheiro Químico Ricardo de Gouveia (coordenador adjunto), definiu como prioridades para 2018 a eficiência e agilidade na análise dos processos de registro, sem deixar de lado as demais solicitações de profissionais e empresas, os processos de fiscalização e a atualização e divulgação de importantes temas da modalidade, como, por exemplo, a Indústria 4.0.


Coordenador da CEEQ, Eng. Alim. Marcelo Alexandre Prado, e a assistente técnica de apoio ao Colegiado, Eng. Ftal. Maria Letícia Pereira de Camargo

A Câmara também está priorizando uma discussão antiga que envolve Conselhos Profissionais: as diferenças das atividades exercidas pelos Engenheiros Químicos e pelos Químicos, registrados em outro Conselho. “Nosso objetivo – informa o coordenador da CEEQ – é conscientizar a sociedade sobre a importância do trabalho do Engenheiro Químico, visando à defesa de contratantes desinformados e proporcionando, assim, maior segurança no desenvolvimento socioeconômico do país”.

Constam ainda do Plano de Trabalho para 2018:
– Definir mecanismos de aproximação dos profissionais, empresas e faculdades de Engenharia Química com o Sistema Confea/Crea;
– Divulgar a legislação relativa à modalidade, por meio de palestras aos recém-formados na área;
– Definição de competências dos Engenheiros Químicos na área de Saneamento;
–– Visando a atender demandas de atribuições profissionais, elaborar Decisão Normativa que contemple atribuição de vasos de pressão para Engenheiros Químicos baseada na DN nº 32 e na PL nº 2876/2017, consolidando as Decisões Normativas 29 e 45;
– Representar o Crea-SP e os profissionais do Estado nas Coordenadorias de Câmaras Especializadas de Engenharia Química.

Além do Plano de Trabalho para este ano, a CEEQ trabalha ainda com o Plano de Fiscalização que reúne, entre suas diretrizes, a continuidade das atividades do Grupo Técnico de Trabalho Fiscalização em parceria com a SUPFIS – Superintendência de Fiscalização, contribuindo para o planejamento das ações de fiscalização; e treinamento dos Agentes Fiscais.

A Câmara também planeja ampliar a atuação da fiscalização no âmbito de profissionais e empresas. Segundo levantamento realizado pela CEEQ, foram dadas baixas em 673 registros de Engenheiros Químicos em 2016; 548 profissionais e 81 empresas foram registrados naquele ano, e 20 registros de empresas foram cancelados. Ainda de acordo com o levantamento, em 2016 havia 1.306 empresas registradas, com 1.101 em situação ativa, e 29.699 profissionais registrados, sendo 13.448 ativos, na área de atuação da CEEQ. Dados referentes a 2017 e 2018 serão computados dentro em breve.

Clique aqui para acessar a íntegra do “Plano de Fiscalização para o Exercício de 2018”.
Para conhecer a íntegra do “Relatório Anual da CEEQ - Edição 2017”, clique aqui.

 

Confira também:

Câmara Especializada em Agronomia - CEA
Câmara Especializada em Geologia e Engenharia de Minas - CAGE
Câmara Especializada de Engenharia Civil - CEEC
Câmara Especializada de Engenharia de Agrimensura - CEEA

 

Produzido pelo Departamento de Comunicação e Eventos do Crea-SP - DCEV
Reportagem: Jornalista Guilherme Monteiro.
Colaboração: Claudio Porto - Estagiário de jornalismo.


  • compartilhar
  • Enviar por e-mail
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Orkut
índice de notícias

Exibir notícias por:

Institucional

Fiscalização

Tecnologia

Clipping










Crea-SP

Av. Brigadeiro Faria Lima, 1059

Pinheiros • São Paulo • SP • CEP 01452-920

Atendimento: 0800-17-18-11