Brasil. República Federativa do Brasil
Notícias RSS

contraste

separador

CÂMARAS ESPECIALIZADAS

Civil vai focar na análise de processos


Mesa diretora da CEEC com o Eng. Civil José Eduardo de Assis Pereira e o Eng. Civil Paulo César Lima Segantine, Coordenador e Coordenador Adjunto no mandato de 2018, respectivamente, ao centro

Desde o dia 28 de fevereiro, quando realizou na Sede Angélica sua primeira Reunião Ordinária do ano, a Câmara Especializada de Engenharia Civil (CEEC) tem nova coordenadoria, com a eleição dos conselheiros Eng. Civil José Eduardo de Assis Pereira, representante da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de São Carlos, e Eng. Civil Paulo César Lima Segantine, representante da Escola de Engenharia de São Carlos da USP, para as funções de Coordenador e Coordenador Adjunto no mandato de 2018. E, a julgar pelas primeiras impressões sobre o trabalho a ser realizado este ano pela maior Câmara Especializada do Crea-SP, o Eng. José Eduardo entende que é hora de sanear antigos gargalos.


Público acompanhando reunião da CEEC

 

Processos são prioridades

“Como a Câmara de Civil recebe aproximadamente 300 processos por mês – diz ele –, esta Coordenadoria está preocupada em agilizar o relato e o voto desses processos, tentando homogeneizar decisões similares e estimulando os Conselheiros a uma dedicação emergencial ao assunto, pois essa participação vem de encontro a uma das principais responsabilidades do Conselho, que é proteger a Sociedade do exercício ilegal por leigos ou mesmo por profissionais que, embora habilitados, não respeitam as boas práticas construtivas e a legislação”.

“Contando com os pareceres prévios elaborados pelos Auxiliares Técnicos do Crea-SP – explica o coordenador –, nos quais são apresentadas as leis que tratam os assuntos em pauta, o resumo do processo e sugestões de encaminhamento, os Conselheiros obtêm informações que visam a ganhar tempo nas suas decisões, mantendo uma padronização em temas correlatos. Sem perder o padrão de responsabilidade nas decisões, a presteza processual dos Conselheiros encurta o tempo de espera dos profissionais e das empresas pelos documentos de registro e pelas atribuições de competência, por exemplo”.

Segundo José Eduardo, “em uma observação inicial, os Conselheiros têm se mostrado favoráveis a esta orientação, dedicando parte de seu tempo pessoal aos relatos, de acordo com sua opção de voluntários na função de Conselheiros”.

O Plano de Trabalho da CEEC para 2018 é o mesmo do ano passado. O coordenador da Câmara explica que “os itens que ali estão são similares aos dos últimos anos, aos quais procuraremos dar prosseguimento, tal qual fizeram as Coordenadorias que nos antecederam”.


Manifestação de integrantes da Câmara durante reuinão realizada em fevereiro

 

Confira também:

Câmara Especializada de Engenharia de Agrimensura - CEEA
Câmara Especializada em Agronomia - CEA
Câmara Especializada em Geologia e Engenharia de Minas - CAGE
Câmara Especializada de Engenharia Química - CEEQ
 

 

Produzido pelo Departamento de Comunicação do Crea-SP / SUPCEV
Reportagem: Jorn. Guilherme Monteiro.
Colaboração: Felipe Marques (fotos) - Estagiário de Jornalismo.


  • compartilhar
  • Enviar por e-mail
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Orkut
índice de notícias

Exibir notícias por:

Institucional

Fiscalização

Tecnologia

Clipping










Crea-SP

Av. Brigadeiro Faria Lima, 1059

Pinheiros • São Paulo • SP • CEP 01452-920

Atendimento: 0800-17-18-11