Brasil. República Federativa do Brasil
Notícias RSS

contraste

separador

A História do Primeiro de Maio. As Comemorações.

Fiscalização do Crea-SP acompanhou montagem das estruturas para a grande festa

Shows Musicais se transformam nas principais atrações nas festas programadas pelas Centrais Sindicais para comemorar o Dia do Trabalhador.

O CREA SP cumprimenta os trabalhadores pela passagem do seu dia enaltecendo a participação dos trabalhadores da área tecnológica na construção do nosso Estado e do nosso País.

O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC reune os trabalhadores no Paço Municipal em São Bernardo, nesta terça feira a partir do meio dia. Entre as atrações estão os cantores Zezé Di Camargo e Luciano e Paula Fernandes.

Zezé Di Camargo e Luciano em São Bernardo

A CUT faz uma mega festa no Vale do Anhangabaú, começando as 9hs da manhã e varando o dia com término previsto para as 19hs. Entre as atrações da CUT está a cantora Paula Fernandes.

Paula Fernandes no Vale do Anhangabaú.

A Força Sindical, a UGT, a Nova Central, CGTB e a CTB programaram suas atividades para a Praça Campo de Bagatelle, em Santana, na Zona Norte.

A novidade é que nas festas das centrais, serão sorteados carros e até um caminhão cheio de produtos eletrônicos. Os organizadores avisam que o caminhão não faz parte da promoção.

1º de maio é feriado no Brasil e em diversos países do mundo dedicado a comemorações do Dia do Trabalho, data instituída em homenagem a trabalhadores norte-americanos que morreram em confrontos com a polícia por manifestarem-se pela redução da jornada de trabalho de treze para oito horas, em 1886.

Uma greve geral iniciou-se no dia 1º de maio e no dia 3 vários trabalhadores foram mortos pela polícia, o que gerou muita revolta, mais protestos, mais mortes de trabalhadores e policiais.

A data comemorativa foi criada três anos depois, quando da realização da Segunda Internacional Socialista em Paris (França). O dia é de homenagens, mas também de luta, portanto, é dia de trabalho para milhares de pessoas que se dedicam à militância sindicalista em favor dos direitos dos trabalhadores.

Presidente Artur Bernardes.

No Brasil, a data foi oficializada em 1925, por um decreto do presidente Artur Bernardes.

Mas foi o presidente Getúlio Vargas quem “popularizou” a data.

Presidente Getúlio Vargas.

Em 1º de maio de 1940 foi instituído o Salário Mínimo e, em 1º de maio do ano seguinte foi criada a Justiça do Trabalho. A Consolidação das Leis do Trabalho – CLT foi criada por Decreto-lei em 1º de maio de 1943.

Tradicionalmente a data sempre foi usada pela classe trabalhadora organizada para fazer manifestações e protestos, reivindicando melhorias salariais e nas condições de trabalho. Hoje o perfil das comemorações está um pouco modificado, com grandes festas realizadas pelas centrais sindicais, com sorteios de bens e shows de artistas populares.

Mas as reivindicações permanecem em atividades na Semana do Trabalhador, como seminários sobre temas ligados ao mundo do trabalho e intensificação do lobby por votação de projetos de interesse dos trabalhadores no Congresso Nacional.

Após a França estabelecer o Dia do Trabalho, a Rússia foi o primeiro país a adotar a data comemorativa, em 1920. No Brasil, a data foi consolidada em 1924 no governo de Artur Bernardes. Além disso, a partir do governo de Getúlio Vargas, as principais medidas de benefício ao trabalhador passaram a ser anunciadas nesta data. Atualmente, inúmeros países adotam o dia 1° de maio como o Dia do Trabalho, sendo considerado feriado em muitos deles.

Fiscalização do Crea-SP atenta à montagem das estruturas

A equipe de Fiscalização do Crea-SP na Unidade Norte acompanhou os preparativos e a montagem do evento promovido pelas Centrais de Trabalhadores - Força Sindical, CTB, CGTB, Nova Central e UGT, que este ano tem como tema "Desenvolvimento com menos juros, mais salários e empregos" e vai ocorrer na terça-feira, 1º de maio, das 7h00 às 18h00, com a participação de vários políticos e artistas, sorteios de 15 carros e prêmios.  O local é a Praça Heróis da FEB, em Santana, na capital paulista.

Os Agentes Fiscais Julio Cesar Marcom e Leandro Herrada da Silva acompanharam a montagem dos palcos, camarotes e tendas. Mais de um milhão de pessoas devem participar do evento, que contará com 800 seguranças, Polícia Militar, 250 brigadistas de incêndio, com 702 banheiros químicos, postos médicos com ambulâncias UTI e câmeras de monitoramento. 

Com o tema “Diversidade no Brasil e no Mundo – Um Olhar de Cinco Jeitos”, valorizando a política, cultura e história das cinco regiões do país, a CUT-SP realiza uma série de eventos nos dias 30 de abril e no 1º de maio. Com ato político, manifestações culturais e feira gastronômica, o Vale do Anhangabaú também será palco de shows de Leci Brandão, Arlindo Cruz, Belo, Grupo Bom Gosto, Pixote, Paula Fernandes e Elba Ramalho.

Confira a programação completa da CUT São Paulo no site: www.1demaiocut2012.com.br

ABC

O 1° de Maio no ABC terá ato político e dez horas de apresentações musicais. Será a primeira vez que sindicatos não filiados à CUT organizam, em conjunto, um evento no Paço Municipal de São Bernardo, palco histórico de manifestações de trabalhadores, que reuniu mais de 90 mil pessoas no Dia do Trabalhador, em 2011.

Sob o tema Em Defesa do Emprego e da Produção Nacional, o evento é uma realização da CUT, FEM (Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo); CNM (Confederação Nacional dos Metalúrgicos); Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e mais 17 sindicatos, entre eles o dos Metalúrgicos de Santo André e Siemaco (UGT).

O ato político está marcado para as 18h30. Antes, mais de 30 cantores, bandas e duplas se apresentarão ao público. Entre eles: Luan Santana; Paula Fernandes, Zezé di Carmargo&Luciano; Leonardo, Eduardo Costa; KLB, Gian&Giovani, João Bosco&Vinicius, entre outros artistas nacionais, além de 15 shows regionais. A dupla Bruno&Marrone fará o encerramento, após o ato político.Departamento de Comunicação do CREA SP

 



  • compartilhar
  • Enviar por e-mail
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Orkut
índice de notícias

Exibir notícias por:

Institucional

Fiscalização

Tecnologia

Clipping









Exibir notícias por TAG:




Crea-SP

Av. Brigadeiro Faria Lima, 1059

Pinheiros • São Paulo • SP • CEP 01452-920

Atendimento: 0800-17-18-11