Brasil. República Federativa do Brasil
Notícias RSS

contraste

separador

Crea-SP deflagra Operação Verão 2018

Ênfase desta edição é a aplicação da Lei Kiss e fiscalização de concessionárias

 
Reunião na Associação de Caraguatatuba dá início à Operação Verão 2018


O Crea-SP deu início na manhã de 15/01, em Caraguatatuba, e na parte da tarde, em Santos, à Operação Verão 2018, que, a exemplo do ano passado, fiscaliza o exercício profissional em equipamentos públicos e privados nos municípios e estâncias balneárias do Litoral paulista, tipicamente frequentados por turistas nesta época do ano.

Com a participação de 10 duplas de Agentes Fiscais – 5 atuando no Litoral Norte, nos municípios de Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela, e outras 5 no Litoral Sul, nos municípios de Bertioga, Guarujá, Santos, São Vicente, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém, Peruíbe, Cananéia e Ilha Comprida –, a operação deste ano, concluída na sexta-feira 19/01, visou prioritariamente a fiscalização de tendas, palcos, arenas, arquibancadas e outros tipos de estruturas provisórias, em madeira ou estrutura metálica, cobertas ou não, destinadas  à apresentação de espetáculos culturais, eventos artísticos ou esportivos; parques de diversões e coberturas de lona para espetáculos circenses, estacionários ou itinerantes; shopping centers e outros estabelecimentos comerciais de grande porte; marinas; condomínios verticais e horizontais; grandes hotéis; concessionárias e permissionárias de serviços públicos; prefeituras municipais; empresas patrocinadoras de eventos; obras públicas; e outros tipos de empreendimentos a critério dos gestores da Fiscalização.

“O foco das nossas ações no Projeto Verão deste ano” – explica o Eng. Kledson Turra, Gerente do Departamento Operacional do Crea-SP, que procedeu à abertura dos trabalhos em reuniões na Associação de Engenheiros e Arquitetos de Caraguatatuba e na Associação de Engenheiros e Arquitetos de Santos, – “está mais amplo, porque inclui, além dos equipamentos típicos da época, a orientação sobre a aplicação da Lei Kiss, de prevenção e combate a incêndios principalmente em casas noturnas, e a fiscalização dos serviços de concessionárias públicas, com ênfase no setor de Iluminação Pública de alçada municipal”. “Também incluímos nesta ação a Operação Carnaval, que deverá estender a Operação Verão por mais algumas semanas” – lembra Kledson.

As equipes do Litoral Norte trabalharam sob a supervisão do Gerente da 6ª Região do Crea-SP, Eng. Carlos Consolmagno, e as do Litoral Sul, sob a supervisão dos Chefes das UGI Santos e Registro, respectivamente Eng. Alexandre Galdino da Silva e Eng. Renato José dos Santos Pinto. O Eng. Estêvão Takemura, da Unidade de Fiscalização,esteve no apoio técnico às equipes do Litoral Sul. 


Eng. Kledson na abertura dos trabalhos em Caraguatatuba.

 
Os coletes da Fiscalização marcam o caráter oficial das visitas.
 

Segurança máxima à população

O plano de trabalho da Operação Verão 2018 informa que “nesta época do ano, com as tradicionais férias escolares, centenas de milhares de turistas acorrem às cidades dos Litorais Norte e Sul. Só na Baixada Santista, segundo estatísticas, a população cresce de cerca de um 1.700.000 habitantes (fixa) para cerca de 5.000.000 de pessoas”. Essa população, chamada flutuante, espera, nos meses de férias, que as instituições municipais ligadas ao Esporte e ao Turismo, bem como a iniciativa privada, deem conta de uma boa organização de eventos de entretenimento, que ofereçam máxima segurança aos usuários. “Há também – lembra Kledson – os casos dos empreendedores ligados a parques de diversões e circos, tanto estacionários como itinerantes, que se encontram em plena preparação de remontagem das estruturas e de manutenção preventiva e corretiva dos seus equipamentos, que ficaram desativados durante a baixa temporada – época em que nem sempre recebem as necessárias assistências, inspeções e análises técnicas de empresas e profissionais devidamente habilitados. Daí a importância de averiguarmos a situação de cada caso”.

A ação do Crea-SP também atendeu sua fiscalização de rotina, em grandes empreendimentos comerciais, como shopping centers, redes de supermercados e a rede hoteleira, que costumam providenciar obras de reforma, manutenção e adequação das edificações e de seus equipamentos. Da mesma forma, nos serviços administrados pelas concessionárias e permissionárias, como é o caso da Iluminação Pública e nas obras em rodovias, abastecimento de água e energia elétrica, o trabalho dos profissionais do setor tecnológico é imprescindível, visando às boas práticas na adequação, adaptação e manutenção preventiva e corretiva dos equipamentos, além dos serviços emergenciais que visam evitar colapsos nessas áreas essenciais.

A fiscalização do Crea-SP preocupou-se ainda com itens específicos, como instalações hidrossanitárias, instalações elétricas, geração de energia elétrica, instalações elétricas provisórias, distribuição de energia, sistema de Prevenção de Descarga Atmosférica (SPDA), iluminação de recintos, sonorização e iluminação especial de palco, sanitários químicos; além de outros exigidos pela Prefeitura e pelo Corpo de Bombeiros para fins de emissão de licença de funcionamento.


Abertura dos trabalhos em Santos.


À direita, Eng. Estêvão, apoio técnico às equipes do Litoral Sul.


Parcerias importantes

“Nossas equipes – informa Kledson – foram orientadas a contatar as Prefeituras e os Grupamentos do Corpo de Bombeiros na região, porque essa parceria é muito importante para o bom resultado desse tipo de operação, não apenas nessa época do ano, mas também atendendo à regularidade necessária para a proteção da sociedade”.

Com base nas principais legislações da área tecnológica (Lei nº 5.194, de 24 de dezembro de 1966; Lei nº 6.496, de 7 de dezembro de 1977; e Lei nº 13.425, de 30 de março de 2017), as chamadas blitze do Crea-SP extrapolam a garantia de observância da legislação profissional nas diversas obras e serviços de Engenharia, contribuindo, em seu fim, para a minimização da prática do ilegal e/ou do mau exercício da profissão que possam implicar prejuízo ao cidadão. Dentro de mais alguns dias a Superintendência de Fiscalização do Crea-SP divulgará amplo relatório com os resultados da ação.


Visita ao Corpo de Bombeiros em Ilhabela: parceria importante.
 


Operação Verão 2018 também dará atenção à fiscalização de rotina

 

Produzido pelo Departamento de Comunicação do Crea-SP / SUPCEV
Reportagem e fotos: Jorn. Guilherme Monteiro (com a colaboração das equipes de Fiscalização).
Colaboração: Felipe Marques - Estagiário de Jornalismo.  


  • compartilhar
  • Enviar por e-mail
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Orkut
índice de notícias

Exibir notícias por:

Institucional

Fiscalização

Tecnologia

Clipping










Crea-SP

Av. Brigadeiro Faria Lima, 1059

Pinheiros • São Paulo • SP • CEP 01452-920

Atendimento: 0800-17-18-11