Livros e Publicações

thumb-ninguem-morre-duas-vezes[1]

Ninguém Morre Duas Vezes

Ninguém morre duas vezes reúne alguns dos melhores contos de Luiz Lopes Coelho, pioneiro da literatura policial brasileira. Principal referência no gênero durante os anos 1960, seus contos têm como protagonista o delegado Leite, detetive de aguda capacidade de observação e raciocínio. Versão tropical dos detetives clássicos, ele desvenda alguns de seus casos sorvendo uísque numa rede em seu apartamento em São Paulo. Jogando com elementos que formam a essência do gênero policial, como o mistério, o enigma e o método dedutivo de investigação, a obra se volta para os aspectos psicológicos, a especificidade social dos envolvidos em cada crime, as nuances da convivência humana, lançando um olhar irônico e ao mesmo tempo compreensivo sobre os costumes da época.

Saiba Mais: http://www.projetodemaoemmao.com.br/livro-ninguem-morre-duas-vezes.asp